“Karla Tem Tem” a Sereia da Dança do Ventre.

A bailarina é amante do sereísmo desde criança, mas há três anos se envolveu ainda mais com o estilo e explica como funciona esta inusitada prática. Confira nosso bate-papo completo com Karla.

Karla tem tem4
Karla Tem Tem – Foto: Divulgação

Ela tem um corpo escultural, pode não parecer mas já é mãe de uma moça de 18 anos, Karla Tem Tem é uma Belly Dancer, ou dançarina do ventre se preferir, que atua profissionalmente desde 1999. Ela é carioca, descendente de egípcios e esbanja simpatia com seu estilo que encanta desde adultos até crianças.

Karla além de atuar profissionalmente com a dança do ventre e faz isso como muita habilidade, ainda tem uma outra paixão, o ‘sereísmo’. A moda ou estilo do ‘sereísmo’, que tem como características aderir cores, estilos e costumes das sereias na sua rotina está cada vez mais forte no Brasil, despertando o interesse das pessoas, principalmente depois que a personagem da atriz Ísis Valverde de uma novela da TV Globo, trouxe o movimento como um dos temas.

Segundo o dicionário, a sereia é um ser mitológico, metade mulher e metade peixe ou ave. Dizem que elas viviam numa ilha e atraíam os seres humanos pela beleza de seu canto. Mas o interesse das pessoas por esta personagem parece ir além, já que os adeptos relacionam a prática do sereísmo a um estilo de vida, pois desperta o desejo de conscientização daqueles que se sentem ligados ao mar, aos animais e a natureza.

Karla diz que o sereísmo pode ser dividido em dois padrões, “existem as pessoas que se interessam por tudo que é relacionado às sereias, como trajes e acessórios e as que desejam transmitir uma mensagem com a imagem da sereia. Que é a preservação da natureza, o cuidado com os mares, tornando-se vegetarianas, participando de palestras, eventos e campanhas que envolvam limpeza dos mares e areias”, completa.

A paixão da bailarina por sereias vem desde criança, diz que adorava desenhá-las. “Sempre queria tudo relacionado à elas, há 3 anos me envolvi diretamente conhecendo outras praticantes, desde então virei vegetariana, aprendi o nado para participar de eventos e assim levar uma imagem positiva da personagem”, diz Karla.

Seus dotes para dança traz ainda mais expressividade artística à personagem. Karla resolveu unir suas duas paixões, desde 2005 incorpora a personagem em seus trabalhos como coreógrafa. A bailarina compartilha diversos de seus trabalhos em redes sociais, como podem observar no vídeo abaixo.

Para Karla, o movimento pode ser apenas uma moda passageira para alguns, mas para os que amam este estilo é para sempre. “Bem antes da novela já tínhamos no Brasil a moda sereísmo nas passarelas e lojas, com a novela esse público cresceu, principalmente para pessoas com o intuito de aprender mais sobre o nado, apneia e a compra de caudas”. Conta a bailarina que possui um site onde comercializa acessórios e trajes relacionados a moda sereia.

Karla diz que nunca recebeu críticas pelo seu estilo e sempre obteve apoio “muitas vezes até mais do que com a dança”. Conclui.

karla
Karla Tem Tem – Foto: Divulgação

 

karla2.jpg
Karla Tem Tem – Foto: Divulgação
Por Renata Santana